17/06/2022

A doação da área de 600 mil m², onde se encontra a pista pavimentada de 1.800 m x 30 m, foi acordada em ação judicial entre o Aeroclube de Ituiutaba e a Prefeitura Municipal, e homologada em fevereiro de 2022, pela Justiça Federal. Soma-se a esta mais 35 mil m² de área já pertencente à Prefeitura e mais 100 mil m² da União, projetando um distrito aeroportuário de 735 mil m² (equivalente a 140 campos de futebol).

 

Tal acordo, desenvolvido pelas Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEDET) e Procuradoria Geral do Município, além de colocar fim a um passado de aproximações e afastamentos na relação entre o Aeroclube e a Prefeitura, garante o futuro do Aeroporto Tito Teixeira, com possibilidade de investimentos e atração de empresas.

 

“Na área doada teremos a responsabilidade de manter a pista em condições adequadas de uso, além de agora termos aberto a possibilidade do município receber recursos de programas federais e estaduais de apoio e desenvolvimento a aeroportos regionais. O setor  aeroportuário é uma das maiores vias de desenvolvimento, que vem para somar a todos os esforços realizados por nossa gestão para atrair mais investimentos, emprego e renda. É mais uma conquista obtida por meio de trabalho sério e quem ganha é o povo de Ituiutaba e de toda a região”, ressalta a prefeita, Leandra Guedes.

 

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Mário Jacob Jr., já está em contato com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para comunicar esta transição e regularizar não-conformidades, e com a SAC (Secretaria Nacional de Aviação Civil) onde queremos participar de recursos do FNAC (Fundo Nacional de Aviação Civil). “Outro flanco aberto é o diálogo com as empresas do setor, tanto companhias aéreas (para uma possível implantação de linha sub-regional), quanto empresas do segmento aeronáutico (manutenção de aeronaves, comércio e distribuição de peças, carga aérea e hangaragem de aeronaves) para atração de investimentos e instalação em nosso futuro distrito aeroportuário. A Lei INVESTE ITUIUTABA dará amparo a incentivos e estímulos econômicos também neste segmento”, afirmou.

 

A região do Pontal Mineiro tem assistido o ensaio de grandes transformações estruturantes em sua economia:

 

1. Melhorias de capacidade (3ª faixa, vias marginais e duplicação) e segurança da BR-365 (através da concessão à empresa Ecovias do Cerrado S.A.);

 

2. Integração total dos eixos norte e sul do Pontal Mineiro, através da ligação asfáltica ao longo de toda a BR/MGC-154;

 

3. O avanço das culturas da cana-de-açúcar, laranja e do complexo soja, dinamizando o setor agro-industrial e logístico regional;

 

4. A agroindústria da carne, leite, rações, fertilizantes, sementes, açúcar, etanol e bio-energia expandindo instalações e produção;

 

5. Fortalecimento do comércio regional com a chegada de grandes redes nacionais de varejo e atacado, além de forte resposta do empresariado local às oportunidades de mercado;

 

6. Consolidação do nosso polo educacional com 3 universidades públicas (UFU, UEMG e IFTM) além de uma particular (FacMais), totalizando mais de 40 cursos de nível superior ofertados;

 

7. A futura Ferrovia do Triângulo, autorizada pelo MINFRA em dezembro de 2021 (conforme o novo Marco Legal das Ferrovias), a ser construída integralmente pela iniciativa privada, ligando Uberlândia-Ituiutaba-Chaveslândia.

 

“Este conjunto de acontecimentos econômicos só nos confirma a vocação de Ituiutaba como polo do desenvolvimento regional, e do Aeroporto Tito Teixeira como a porta de entrada que faltava para um novo boom econômico bem no coração do Brasil. As oportunidades estão surgindo para os mais atentos”, exalta o secretário.

 

A administração do Aeroporto Tito Teixeira, pela Prefeitura Municipal de Ituiutaba, está a cargo da SEDET, a qual deverá celebrar convênio de utilização de sala de embarque e pátio de aeronaves com o Aeroclube, até que um novo TPS (terminal de passageiros) possa ser construído.

Fonte: ASCOM

Voltar
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços e otimizar conteúdos de seu interesse. Ao continuar utilizando nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Conheça a nossa Cartilha LGPD e a Política de Privacidade para saber mais sobre a forma de tratamento das suas informações.