09/07/2018

A trabalhadora rural aposentada, Alice das Graças Silva, de setenta e dois anos, e o jovem Pedro Henrique, de apenas onze anos de idade, saíram das suas respectivas casas no início da noite do último sábado, com o mesmo objetivo. Participar do Projeto Cinema no Bairro, lançado esta semana pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social no Bairro Nadime Derze e que deverá se repetir mensalmente, em regiões diferentes da cidade.

“O objetivo deste projeto é levar cultura e entretenimento aos moradores dos diversos bairros da cidade, que nem sempre têm a oportunidade ou recursos financeiros para ir ao cinema. Acredito que esta também é uma forma de promover e fortalecer os vínculos familiares e a convivência comunitária. Nós, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social estamos muito satisfeitos com a resposta que estamos tendo aqui no Bairro Nadime Derze. Tenho certeza que não será diferente na próxima edição, em algum outro bairro da cidade”, disse o secretário Renato Moura.

O prefeito Fued Dib participou do lançamento do projeto e destacou a importância destas ações, que buscam aproximar o poder público e a comunidade. “Todas as secretarias são muito importantes para uma administração, cada qual em sua área de atuação. O Desenvolvimento Social tem cumprido seu papel de promover ações que venham de encontro com os anseios da população, em especial aquela parcela de menor poder aquisitivo e que necessita de maior atenção por parte do governo municipal”, disse Fued.

O filme escolhido para o lançamento do Projeto Cinema no Bairro foi o longa-metragem de animação “Os Croods”, que conta a saga de uma família que se vê obrigada a mudar seus hábitos e deixar o conforto e a segurança da sua caverna, em busca de novos horizontes e novas experiências. “A proposta é exibir filmes que promovam o entretenimento, mas também passem alguma mensagem a estas pessoas, de que lá fora existe um mundo imenso para ser explorado e conquistado”, disse Renato Moura.

O roteiro do filme desta primeira edição do Projeto Cinema no Bairro pode ser comparado à situação vivida pela senhora Alice das Graças e pelo garoto Pedro Henrique, que deixaram o conforto e a comodidade das suas casas, para viver uma experiência nova, que até então desconheciam. Nenhum dos dois jamais havia entrado em um cinema ou assistido filme em uma tela tão grande.

Fonte: ASCOM

Voltar