11/10/2018

A Prefeitura de Ituiutaba, através da Secretaria Municipal de Planejamento, já está em fase bastante avançada, com projetos que visam promover adequações em áreas de uso comum e público, atendendo o que determinam as legislações Federal e Municipal no que diz respeito à mobilidade urbana. As primeiras sugestões neste sentido foram apresentadas nesta quarta-feira, durante reunião que aconteceu no auditório do Centro Municipal de Assistência Pedagógica e Aperfeiçoamento Permanente de Professores (Cemap).

A reunião contou com a participação dos secretários municipais de Planejamento, Marcelo Vilela Cauli, e de Educação, Edmar Franco Borges Paranaíba; dos vereadores Pastor Amauri, José Divino, Joseph Tannous e Vilsomar Paixão; o presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência (Comped) e do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana, Fábio Guedes, além de servidores municipais de diversas secretarias.

Na abertura do encontro, o secretário de Planejamento, Marcelo Vilela Cauli, destacou que a Prefeitura está dando um importante passo no sentido de iniciar a revitalização das calçadas de Ituiutaba, tornando-as mais acessíveis.  Segundo ele, historicamente todas as cidades brasileiras foram planejadas dando prioridade ao tráfego de veículo, priorizando a proposta de desenvolvimento econômico através do transporte de cargas.

“Precisamos nos conscientizar que ruas e avenidas são os principais pilares da mobilidade urbana. Cidades desenvolvidas são aquelas, que além do desenvolvimento econômico também promovem o desenvolvimento social. Neste contexto, a valorização do ser humano, a prioridade do transporte à pé e a revitalização das calçadas passam a ser fundamentais. A Lei Federal 12587/2012 e a Lei Municipal  4507/2017 regulamentam e dão suporte à esta evolução no planejamento urbano de Ituiutaba”, disse Marcelo Cauli.

Na sequência, a diretora do Departamento de Planejamento Urbano da Secretaria de Planejamento apresentou aos participantes da reunião, dois estudos desenvolvidos por sua equipe em pontos diferentes da cidade e os desafios apresentados hoje quando se fala em acessibilidade e mobilidade urbana. Mostrou também que a execução de algumas obras de baixo custo financeiro pode resultar em soluções urbanísticas que venham a garantir a acessibilidade universal em todos os casos. As propostas apresentadas agradaram os participantes.

“É interessante perceber, que pequenas iniciativas podem solucionar grandes problemas. As propostas apresentadas aqui têm todo o nosso apoio. Quero parabeniza-los pelo trabalho e, desde já, torcer para que sejam colocados em prática o mais breve possível”, disse Fábio Guedes, presidente do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana. “O importante é que seja dado o pontapé inicial. Esta mudança tem que começar através do Poder Público Municipal. A partir de então, poderemos cobrar ações semelhantes por parte da população”, avaliou o vereador Joseph Tannous. As propostas serão agora levadas ao Executivo, para que possam ser viabilizadas.

Fonte: Ascom

Voltar