Ituiutaba-MG - 114 ANOS

Cidade do Pontal do Triângulo Mineiro, Ituiutaba completa 114 anos de emancipação político-administrativa em 16 de setembro de 2015.

Sua história, porém, remete ao início do século XIX.

1820 - Dois sertanejos, Joaquim Antonio de Morais e José da Silva Ramos, chegaram ao local vindo do sul de Minas. Eles expulsaram os índios Caiapós, os verdadeiros donos da terra, após lutas e batalhas e aqui permaneceram.

1830 - O padre Antonio Dias de Gouveia chegou e adquiriu diversas fazendas.

1832 - A primeira capela foi erguida às margens do Córrego Sujo. O primeiro nome do lugar foi Arraial de São José do Tijuco.

1833 - Em 1833 chegou o primeiro capelão, Padre Francisco de Sales Souza Fleury.

1836 - Padre Francisco regressou ao seu Estado de Goiás.

1839 - Foi criada a Freguesia de São José do Tijuco.

1882 - É inaugurado o primeiro sobrado situado na Rua 18, esquina da Av. 9, mandado construir por José Esteves de Andrade. O primeiro morador é Pio Augusto Goulart Brum, importante figura da vida tijucana. Este prédio de  dois andares foi sede da primeira Câmara de Vereadores, Cadeia Pública e Fórum.

Infelizmente, hoje não mais existe (foi demolido para construção do campo de esportes do Tiro de Guerra).    

Atualmente, temos a Cadeia Pública "Helena Maria da Conceição" em um novo prédio, na Av. Prof. José Vieira de Mendonça, no Bairro Pedreira.

1883 - Chega ao Arraial de São José do tijuco, vindo de Nápoles, o Padre Ângelo Tardio Bruno, para se tornar um grande benfeitor, e com a colaboração de João Gomes Pinheiro, faz o traçado das ruas e constrói as primeiras casas, pontes e plantações.

1886 - Padre  Ângelo patrocina a fundação da primeira Banda de Música. O maestro é Francisco Gonçalves Moreira (Guató), que também doa os primeiros instrumentos musicais.

1890 - No recenseamento de 31 de dezembro, após a Proclamação da República, o Arraial conta com 5.037 habitantes.

1901 - Em 16 de setembro o Governador de Minas, Dr. Salviano de Almeida Brandão, eleva o Arraial de São José do Tijuco à categoria de "Vila Platina", através da Lei Estadual nº 319/01, concedendo-lhe a sua emancipação política e administrativa.

A partir de 1902, tivemos vários Agentes Executivos e Prefeitos

1910 - O Padre Ângelo é elevado a Cônego do Cabido Diocesano de Uberaba. O primeiro Grupo Escolar, nomeado "Vila Platina", é  instalado em 21 de janeiro. Seu primeiro Diretor é Benedito Chagas Leite. Depois passa a se chamar "Grupo Escolar João Pinheiro". São fundadas novas escolas entre 1910 e 1914: Escola São José  de Laurindo de Oliveira e Instituto Propedêutico, com internato e  externato, do Diretor José Inácio de Souza.  

1914 - Chega o primeiro automóvel. O primeiro cinema tem lugar na Av. 11, entre ruas 20 e 22, funcionando num barracão de posse do Dr. Fernando Alexandre Vilela de Andrade.

1915 - O então Governador de Minas Gerais, Delfim Moreira, concorda com a mudança do nome de "Vila Platina" para "Ituiutaba".

1917 -  É oficializada a mudança em 25 de abril. A cidade passa a se chamar ITUIUTABA.